Por que trabalhar fazendo doces em casa é um bom negocio?

Tempo de leitura: 8 minutos

como-ganhar-dinheiro-em-casa-fazendo-brigadeiros
como-ganhar-dinheiro-em-casa-fazendo-brigadeiro

Em plena recessão econômica , vemos cada vez mais pessoas perdendo o controle dos gastos ou mesmo perdendo seus empregos, não sabendo mais como poderão pagar as contas de suas casas.

São milhões de pessoas desempregadas e portas de comércios se fechando. Tudo isso torna a atualidade uma época de incertezas e medo. E só pensamos, e agora como vamos pagar as contas?

Há jeito de contornar tal situação? O que posso fazer, no que posso investir?
Há quem diga que em tempos de crise é que surgem os melhores negócios, talvez seja a oportunidade perfeita de driblar a fase, nadar contra a maré e lucrar muito com seu próprio negócio.
Vamos concordar que mesmo com a grana apertada não queremos deixar datas especiais em branco, não é? Por esse motivo o mercado de festas e eventos sempre cresce e tem público, casamentos, formaturas, aniversários, confraternizações e etc, estão sempre acontecendo a todo vapor, daí surge a sua oportunidade de entrar no ramo que sempre precisa de bons fornecedores.

Também não conseguimos resistir aquela vontade de comer um docinho. Então, vou te dizer porque investir na produção de doces em casa pode ser o negócio certo para sair da saia justa e, porque não, torna-te um(a) empresário(a) de grande sucesso.

  1. Primeiros passos rumo a seu doce negócio
doce-de-copinho-caseiro
doce-de-copinho-caseiro

Você deve estar se perguntando como posso garantir que um investimento (que é sempre relacionado com riscos) pode ser uma grande oportunidade de negocio.

E explicarei porque fazer doces em casa é a deixa perfeita para sair do vermelho e conseguir sucesso. Sem complicações e grandes investimentos, o diferencial aqui é a simplicidade.
Se você gosta de cozinhar, prepara as refeições nas reuniões de família ou mesmo tem aquela receita que todo mundo te pede pra contar, já tem meio caminho andado.
Isso porque, pra começar no mercado de doces feitos em casa, você só precisa da sua cozinha.

Sim, isso mesmo, sem grandes investimentos você poderá entrar nesse ramo começando a trabalhar da sua cozinha com seus utensílios e eletrodomésticos.

Visando sua cozinha, pense em qual produto gostaria de vender que possa ser produzido em uma escala considerável em sua cozinha, talvez você precise adapta-la um pouco, mas é de suma importância a escolha do produto, ou produtos a serem vendidos para prosseguir com seu negocio.

É importante visar em um produto de simples feitura e vendagem. Outro critério importante para a escolha é que seja algo que você goste e saiba fazer bem. Pode ser uma receita de família, algo que você faz que todo mundo adora, ou mesmo aquele clássico que sabemos que vende como água.

A partir da escolha do produto, partindo do pressuposto de facilidade de confecção e venda, o mesmo, muito provavelmente será seu carro-chefe. Então, é importante que tenha um receita certa, ou que faça testes até aperfeiçoa-la,  assim terá noção de quantidades e preços de ingredientes para dar o próximo passo.
Planejamento, não há bom negócio sem um bom planejamento, e isso não te custará dinheiro, mas sim dedicação e tempo. Nesse momento você vai anotar preços,  vai pesquisar médias cobradas em sua região, concorrência, e estabelecer seu diferencial.
Tomadas tais decisões e pesquisas você já começou sua caminhada  rumo a sua próxima e promissora fonte de renda. Onde você será seu próprio chefe e estabelecerá seu ritmo de trabalho, e trabalhará em um (literalmente) doce negocio.

2. É simples ganhar dinheiro fazendo doces

Como havia dito anteriormente, o mercado de festas e eventos sempre cresce e vai sempre precisar de bons fornecedores. A partir dessa oportunidade que você alavancará seu negócio. Mas afinal de contas, quem não ama um docinho bem feito?

Por isso o importante é COMEÇAR a fazer e vender, porque todo o processo de feitura e vendagem vai fluir muito naturalmente. Isso vai te surpreender, comece e veja a mágica acontecer.
Mesmo porque, a melhor forma de adquirir aprendizado é via tentativa acerto e erro. Não existe consultoria que substitua a experiência obtida pela tentativa e erro, claro que uma receita certa e padronizada vai facilitar o processo, mas tudo é um grande aprendizado, e vai ser simples, continuo e de sucesso certo a depender da sua dedicação.
Comece oferecendo para seus colegas, amigos, vizinhos, familiares, eles serão seus primeiros clientes.
É importante frisar que doces são produtos de grande aceitação, se você souber quando e onde oferecer seu produto com certeza não sobrará nenhum!
Depois que tiver estabelecido seu produto e aperfeiçoa-lo, fique ciente que se venderá sozinho. Basta oferece-lo e se surpreenderá com sua facilidade de vendagem.

fazendo-e-vendendo-doces-em-casa-brigadeiro
fazendo-e-vendendo-doces-em-casa-brigadeiro

Vamos simular um ganho mensal partindo de um exemplo de doce com facílima vendagem, o brigadeiro comum, sim aquele com gostinho de festa que todo mundo adora. Imagine que você fez 100 brigadeiros, e vende cada um a R$ 1,50.

Nesse dia você conseguiu vender todos, logo, arrecadou R$150,00. O custo aproximado para produção dessa quantidade de docinhos gira em torno de R$ 50,00, então você teve lucro de R$ 100,00!
Agora imagina que você vende essa quantidade de docinhos 20 dias por mês, você fez uma renda mensal de 2mil reais apenas com venda de brigadeiros!
Pense nas possibilidades de renda que a confecção de doces caseiros podem lhe proporcionar, com grandes encomendas, parcerias com pontos comerciais, buffets entre outras oportunidades de venda.

3. O crescimento da clientela é natural, como estimula-lo e ganhar mais dinheiro?

Agora você já sabe como começar seu doce negocio fabricando doces em casa. Sabe que a venda é simples e com sua dedicação, o lucro é certo. E agora? As coisas vão complicar? Nada disso, vamos falar sobre crescimento, como tornar seus clientes fies e aumentar seu leque de clientes, e claro, seus ganhos!

churros-fazendo-doces-em-casa-e-ganhando-dinheiro
churros-fazendo-doces-em-casa-e-ganhando-dinheiro

Embora listando tudo pareça muita coisa, todo o processo se dá de forma muito natural, conhecem carrinhos de fricção? São aqueles que puxamos um pouco e correm sozinhos, assim que se dará o crescimento do seu empreendimento, cabe a você dar o primeiro puxão.
O grande puxão do seu negocio será um excelente produto, porque não há técnica de marketing, comercial, embalagem ou quaisquer outro método que supere a marca que um ótimo produto deixa. Você quer que seu cliente prove seu doce e lembre dele o tempo todo.

E é a partir desse efeito que o cliente vai voltar, e mais, vai falar do seu produto para outras pessoas, aumentando assim a procura pelo mesmo, seus clientes e, consequentemente, seus ganhos.
Então, invista no seu produto, em ingredientes de qualidade, aperfeiçoe sua receita, invista tempo, carinho, dedicação e até mesmo invista em cursos e estudo para alcançar esse objetivo, que o retorno é certo.
Também há outras formas de atrair mais clientes, torne-se acessível, tenha meios de contato para atendimento, redes sociais com o nome da sua empresa, com fotos, endereço, telefone, email, enfim, tudo que faça a ponte entre você e o cliente e seu produto.
Todos esses passos também não demandam investimentos e são quase uma receita pronta, como a de um bolo, de sucesso do seu negocio.

4. Porque você deve começar a trabalhar fazendo doces em casa já!

Como já conversamos, deve estar claro para você que começar seu negócio no ramos dos doces feitos em casa é um caminho de sucesso. Lembre dos pontos importantes e inspire-se!

doce-facil-de-fazer-e-vender
doce-facil-de-fazer-e-vender

1. O mercado de festas e eventos passa longe da crise, fornecendo bons doces você sempre terá encomendas

2. Baixo investimento, você poderá começar da sua cozinha com quase investimento algum tendo grandes ganhos

3. Um doce bem feito e apresentado é item de desejo (quem resiste a um belo docinho?) tornando sua vendagem fácil, o doce se vende sozinho

4. Menos é mais, doces simples com gostinho de infância ou aquele gostinho caseiro, quando bem executados e servidos são os que mais vendem, e geralmente são os mais fáceis de fazer

5. Você terá seu próprio negócio e será seu próprio chefe, trabalhando no seu ritmo e crescendo dependendo apenas da sua própria dedicação

Então o que você está esperando para começar? Comece do simples, adquira experiência, estudo, faça cursos, evolua seu produto e sucesso para você